Língua morta

Estava assistindo (ouvindo, na verdade, pois não se pode assistir a alguma coisa de costas) agora há pouco a MTV e fiquei assustada com o “dialeto” que o pessoal da emissora usa. Longe de mim querer bancar a intelectualóide, mas, pelo amor de Deus! Com exceção de uma conversa que eu tive há alguns meses com um colega de trabalho, nunca tinha ouvido tanta gíria e sotaque forçado de uma só vez.

Tudo bem que o conteúdo da MTV é voltado ao público jovem – já assisti muito a MTV na minha vida, na época em que ainda passavam bons clipes de rock e afins –, mas entre adequar o linguajar ao seu público-alvo e assassinar a língua portuguesa com requintes de crueldade tem uma diferença imensa!
É uma enxurrada de gírias e palavrões que chega a embrulhar o estômago. Não vou dizer “Ai, que horror. Quanto palavrão!”, por que eu falo também. Mas esse monte de gírias ridículas (“mano”, “mina”, “tipo”, “tipo assim” (esse me mata!), “se pá”, “bródi”, “véi”, “ralar na ostra”…) não dá para encarar.

Nós temos um dos idiomas mais ricos do mundo – se não o mais rico – e tem gente que ainda prefere fazer papel de idiota, falar errado e cheio de sotaques que não tem absolutamente nenhuma relação com a região em que vive. Isso é, no mínimo, patético.

Qual a necessidade em se falar como se estivesse com um ovo na boca? Para ser skatista, não precisa fingir que teve derrame e falar com a boca mole; para ser surfista, não precisa falar como um tonto nem se fingir de alienado; para ser roqueiro, não precisa falar palavrão sem necessidade nem gritar como um desequilibrado; para ser um funkeiro, não precisa tratar mulher como vagabunda, idolatrar a bunda e o pênis ou falar como maloqueiro!

Qual é o problema em se falar corretamente, como um ser humano normal e pensante? Conhecer as regras que regem nossa língua materna é sinônimo de vergonha? Plural, tempos verbais e palavras um pouco mais “evoluídas” que aquelas pronunciadas por crianças em fase pré-escolar são algum tipo de crime? Por favor!

Tenho pena da pessoa que acredita que falar (e escrever também!) de maneira esquisita, estupidamente estereotipada, e cheia de gírias é o caminho correto para mostrar que se tem personalidade e inteligência. Agindo assim, sendo mais um no meio da multidão dos “emos”róidas, “manos” ou seja lá qual for a tribo (que coisa mais atrasada isso!), a única coisa que conseguirão fazer é atestar sua incapacidade em raciocinar por conta própria e criar seu próprio estilo e vocabulário.

Quer mostrar que você existe? Mostre de maneira adequada, comprovando que você é alguém que realmente vale a pena ser ouvido. Comporte-se como alguém que valha a pena. Roupinhas, posturas, mentalidades e linguagem estereotipadas não vão te ajudar. Acredite!

Anúncios

2 comentários sobre “Língua morta

  1. Ainda bem que não fui o único a reparar isto na MTV. Eu nunca fui de assistir àquela emissora na minha adolescência, mas vez ou outra via algo, mas atualmente que ando “zapeando” por canais de músicas, algumas paradas são nesta emissora. Está com uma imagem completamente (e forçadamente) voltada a esta geração “emomiguxês”. Ridículo um monte de adultos bancando (forçadamente também, pela obrigação do trabalho ou não) adolescentes “irados”!!! É uma emissora que eu não saberia elogiar.

    E sobre a escrita, acho sim que as coisas se inverteram na mente “coca-cola” das pessoas: falar e escrever corretamente é “hERRADo! Sertu é iscrevê axxim”.

    Que Deus nos proteja!

    Beijo.

    • Naummmm ehhhh mexmo, miguxoooooooooo?????????

      Ai meu Deus!
      Chega a dar medo de imaginar o que será do nosso país daqui a alguns anos com esse tipo de gente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s