Mötley Crüe

Cheguei cedo ao Credicard Hall e consegui ficar relativamente perto do palco. A abertura foi feita pela banda Buckcherry (a apresentação até que foi legal, mas durou muito mais do que eu estava disposta a assistir – 1 hora). O vocalista Josh Todd foi a exceção desse show; não me agradou. Metido a fodão, ficava pulando pelo palco, falando algumas merdas e fazendo movimentos “sensuais”. Já o guitarrista Stevie D. mandou bem.

O Mötley Crüe, com seu “estonteante” (hahaha <3) Nikki Sixx, subiu ao palco pontualmente às 23h. Quando as cortinas subiram, a empolgação tomou conta, afinal, essa foi a primeira vez que a banda tocou no Brasil, com a formação original. Eles abriram com Wild side, emendaram com Saints of Los Angeles, Live wire, Shout at the devil, Same ol’ situtation e Primal scream. Depois de uma pausa, voltaram com Home sweet home (todo mundo cantou!). Nessa hora, Tommy Lee veio para a beirada do palco agradecer ao público e dizer que esperou muito para poder tocar no País. TL também abriu uma garrafa de whisky e entregou para a plateia, que foi passando adiante. Don’t go away mad (just go) veio na sequência. Depois foi a vez de um solo do guitarrista Mick Mars (achei que foi mais barulho que qualquer outra coisa, but…) e, em seguida, a banda voltou ao palco e tocou Dr. Feelgood (Foda! Foda! Foda!), Too young to fall in love, Ten seconds to love, Girls, girls, girls, Smoking in the boy’s room e Kickstart my heart. No bis veio Looks that kill.

Resumo da ópera: o show foi muito mais foda do que eu estava esperando. A banda é simplesmente arrasadora ao vivo. E Nikki Sixx é um espetáculo a parte (ô homem lindo!).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s