Animais e humanos-animais

Estava lendo um blog do Estadão que fala sobre animais e, por Deus, onde vamos parar? Desde que adotei a Mel, minha poodle amada, hoje com cinco anos, passei a prestar mais atenção ao que acontece com os animais – não que eu não me importasse com isso antes, mas era uma realidade um pouco mais distante, sabe?

Não tive coragem de ler o blog por muito tempo – não pelo blog em si, mas pelas barbaridades que o dito ser humano tem feito. Cachorros são amarrados em para-choques e arrastados por quarteirões, filhote de quatro meses é enterrado vivo, égua é sacrificada com marretadas na cabeça… O que é isso? Que absurdos são esses???

Ultimamente, talvez pelo cansaço, talvez por conta de alguns fatos da vida, tenho andado meio sensível e, ao mesmo tempo, irritada com tudo e com todos. Ver esse tipo de abuso contra os animais passarem impunes (quando muito, o “animal” responsável pelos maltratos recebe uma multa – que não ajudará em nada o bichinho, uma vez que o dinheiro arrecado não irá para ele – ou a ‘possibilidade’ de pegar alguns meses de cadeia*) tem me deixado cada dia mais desgostosa do ser humano. A cada dia me torno mais fã dos animais e com bem menos paciência para aturar pessoas…

* Abandono de animais configura maus tratos, previsto na lei 9.605/1998, cujo artigo 32 diz: “Praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” é crime com pena de detenção de 3 meses a um ano, e pagamento de multa.” Já passou da hora de mudarem essa lei e aumentar a punição!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s