Amor em tempos de Olimpíada ou Copa

Na TV, uma mulher grita que ama o Brasil, enquanto outra diz que o Brasil “é tudo” – apenas porque ambas acabaram de ver um ginasta medalista olímpico passando perto delas com uma medalha de ouro que, vale lembrar, elas JAMAIS chegarão perto e não tiveram nenhum mérito na conquista.

Por que será que esse “amor sincero” por nosso País – que eu acredito que seja “tudo” mesmo – não se manifesta em momentos verdadeiramente necessários, como o período de eleição, por exemplo? Quem realmente ama seu país manifesta esse amor continuamente, não apenas quando a seleção de futebol, vôlei e afins ganha uma medalha em Olimpíada ou vence a Copa.

Será que o amor dessas pessoas por suas famílias e amigos também é inconstante e só “funciona” mediante estímulo (presentes, por exemplo)? ¬¬

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s