Viva

Fazia muito tempo que eu não me dava o direito de me sentir livre. De sair por aí meio sem rumo, meio sem pressa, de olhar vitrines, entrar em lojas. Coisas tão simples, tão triviais, mas que fazem uma falta tão grande quando não temos a oportunidade de fazê-las.

Ontem, 18 horas em ponto, desliguei meu computador e simplesmente deixei meu trabalho para trás e fui passear pela Paulista. Sozinha – só eu e meus pensamentos. Sem preocupações com prazos, conteúdo ou forma. Só eu.

Entrei em um shopping “alternativo”, depois fui a algumas lojas ver roupas e terminei o passeio indo a três livrarias. Delícia. Como é bom ver gente – de todos os tipos, de todas as cores, com seus estilos variando do clássico ao “porra louca”, pouco se importando com os olhares alheios. Carros indo e vindo, barulhentos grupos de amigos, pessoas correndo (por esporte ou por pressa), gente caminhando sozinha, bares e restaurantes cheios para o happy hour, mães passeando com seus bebês e seus cachorros (que vontade de estar com a Mel nesse momento, para que ela pudesse ‘socializar’ com outros animaizinhos!), executivos afrouxando os nós de suas gravatas e começando a respirar um pouco mais aliviados, casais se encontrando ao final do expediente nas portarias dos prédios… Nas livrarias, milhares de livros novinhos esperando por seus leitores, gente interessante e em busca de conhecimento ou entretenimento, ambiente calmo e agradável… Adoro isso!

Andei, andei, andei… observei a vida pulsando do lado de fora do meu escritório e da minha “concha” e caiu a minha ficha de que preciso fazer isso com mais frequência. Percebi que preciso andar com mais tranquilidade, sem passos largos e apressados como faço sempre; que preciso observar mais o mundo, as pessoas, a natureza, e olhar menos para o relógio e para a agenda; que preciso passar mais tempo cuidando de mim e das minhas necessidades e vontades, e me ocupar menos com coisas supérfluas ou materiais.

Andar por aí, a esmo, me fez perceber que eu estou viva, sim, mas sem viver de verdade. E não quero mais isso.

Passeando na Paulista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s