As coisas simplesmente não acontecem

Existem dias em que as coisas simplesmente não acontecem conforme o esperado. O carro dá problema, o metrô vem lotado, o ônibus atrasa, as pessoas não entendem o que você disse e distorcem o sentido/fazem mimimi, você não consegue encontrar tempo para almoçar, alguém tenta bancar o esperto sobre você, surge uma cobrança sobre algo que você não está devendo, alguém tenta te dar uma lição de moral por qualquer motivo… E você se irrita, se amargura, pensa em brigar, tenta entender o motivo daquilo tudo. Por que?! Com tanta gente no mundo, por que encher justamente a minha paciência?! Por que as coisas dão errado só para mim? Daí surge uma necessidade quase absurda de encontrar um culpado para todos aqueles problemas que resolveram chegar ao mesmo tempo. Alguém tem que pagar por aquilo! Não posso arcar com esse prejuízo! Mas aí aquele dia termina, um novo dia começa e as coisas se tornam passado; muitas perdem o valor, outras se tornam incentivos para você colocar algumas atitudes em prática e tomar novas e melhores decisões no futuro, e a vida segue como se nada – ou quase nada – tivesse acontecido. E nem precisamos encontrar um bode expiatório para responder por todos aqueles problemas. Eles simplesmente perderam o sentido e a sua atenção. Ou novos problemas surgiram, para tomar o seu lugar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s