4 anos de vida!

Há quatro anos, eu estava com meus pais e minha madrinha no Hospital do Rim, aqui em São Paulo, contando os segundos – sem sentir medo; eu tinha a estranha certeza de que tudo correria bem – para que meu pai finalmente conseguisse um novo rim. Dia 28 de julho de 2012 foi o dia em que ele voltou a viver.

Nesse mesmo dia, depois de anos de tormento e de revolta, eu decidi que não questionaria mais as decisões de Deus, porque, apesar da demora para meu pai conseguir um rim e do tempo de hemodiálise que ele precisou enfrentar (e tudo o que aconteceu nesse período), Ele fez com que o transplante desse certo e o rim começasse a funcionar praticamente no mesmo instante. Eu sempre brinco que nunca imaginei que eu pudesse ficar tão feliz com uma “bolsinha” coletora de urina como fiquei naquele dia…

Não existem, e jamais existirão, palavras suficientes para agradecer por esse milagre que Deus fez na vida do meu pai nem o que a família do doador (um rapaz do interior, pelo que eu soube) fez por ele e possivelmente por outras pessoas. Minha gratidão será eterna.

13704270_1625132714463433_1703973287_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s